Páginas

Monday, July 6, 2009

O que nós estamos fazendo aqui no Rio?

Após ver o post do Tapajós, deu vontade de espalhar mais pela rede o que temos feito por aqui na Cidade Maravilhosa...

Ultimamente a turma do Rio de Janeiro anda bastante agitada e muita gente está sem entender o que é Hora Extra, Coding Dojo Rio, Hack Framps e outros encontros. A explicação é simples, basicamente nós criamos uma certa rotina, com pequenos encontros onde a gente se diverte, bebe cerveja e ainda aprende muito.

Que eventos são esses?

Hora Extra

Trata-se do nosso choppinho semanal que acontece todas as segundas-feiras no Bar Antigamente a partir das 19:30h. Apesar do objetivo ser apenas jogar conversa fora e beber, é impossível juntar mais de três nerds e não rolar muita discussão sobre trabalho, tecnologias, frameworks e todas essas coisas.

Veja algumas fotos:

(Hora Extra)

O objetivo era chegar com a mesa até os táxis, mas dessa vez não deu.

(Hora Extra)

Casa cheia!

(Hora Extra)

Edição especial do Hora Extra na Intelitiva.

Coding Dojo Rio

O Coding Dojo Rio acontece todas as quartas-feiras no CEFET-Rio, a partir de 18:30. Começou do final de 2008 e já conta com a bagagem de 22 encontros realizados, média de 10 participantes e mais de 60 inscritos na lista de discussão.

(Coding Dojo Rio)

Hack Framps

A Hack Framps é o mais restrito desses eventos. Infelizmente não é possível divulgar publicamente onde ele ocorre e convidar a todos pois ele é realizado na casa do Vinícius. Em geral quem participa dos outros eventos é automaticamente incluído nesse também.

A Hack Framps é uma espécie de RejectConf, onde cada um faz uma breve apresentação sobre algum assunto que domina, ou não, e depois a gente troca algumas figurinhas. A idéia desse evento é difundir conhecimento aproveitando as diferentes habilidades que cada um de nós temos e a grande diversidade de áreas que a nossa profissão oferece.

Veja algumas fotos:

(Hack Framps)

(Hack Framps)

(Hack Framps)

(Hack Framps)

Festa Framps

A Festa Framps é mais um evento restrito lá na casa do Vínicius e é o momento da gente se redimir com as esposas. Trata-se de uma festinha para toda a familia e a coisa mais nerd que a gente faz é jogar Wii!

Então...

Esses eventos todos são uma forma que a gente encontrou de manter a galera unida, trocar idéias e se divertir muito.

Mas então, o que vocês estão fazendo na sua cidade? Como vocês estão aproveitando o talento de cada um?

Sunday, July 5, 2009

Exceptional Software Explained: Embrace Error

Depois de ouvir um keynote do Robert M. Lefkowitz (aka. r0ml) na PyCon 2007 sobre The Importance of Programming Literacy, virei fã desse cara...


PDF com os slides sobre The Importance of Programming Literacy

Sua forma de conduzir seus discursos é fantástica, fora o "meta-discurso", já que na maior parte do tempo ele faz justamente o que está sendo pregado no discurso, seguindo as diversas etapas da retórica.

Hoje encontrei um vídeo da OSCON 2008 no qual ele fala sobre sua metodologia de desenvolvimento, baseada nas comunidades de software open source.

Lefkowitz compara MSF, XP, e sua metologia de software Excepcional de forma muito bem humorada e com profundos desdobramentos:

Saturday, July 4, 2009

Coding Dojo Rio

Não tenho escrito muito nas últimas semanas, mas algo que gostaria de destacar agora é o nosso Coding Dojo Rio.

Não só chegamos a marca de 20 sessões realizadas, como também na última quarta-feira tivemos o prazer de reunir 14 pessoas no dojo.

Já foram 22 encontros, temos 65 pessoas no grupo de emails, e temos um grupo bastante estável e coeso. Tem sido uma experiência maravilhosa compartilhar código e ideias com essa galera...

Você que está lendo aqui deveria procurar mais as práticas Ágeis, experimentá-las, não ter medo de mudar!
Não deixe essa falsa impressão de "não mudo time que está ganhando", por que isso esconde as melhorias que seriam conquistadas quando damos um passo de coragem.

Mude, dê espaço para você mesmo se tornar uma pessoa melhor!

Hmm, depois do devaneio, links para os últimos posts do Dojo Rio, com muitas fotos do grupo:

Wednesday, July 1, 2009

Morte ao email do BOL e UOL

Depois de o blog da PythOnRio ter sido bombardeado pelo filtro anti-spam do BOL e UOL, eis que surge a campanha "Morte ao email do BOL e UOL":

Qual o melhor jeito de se evitar spam via email? Um filtro bayesiano? Educação do usuário?

Não! Simplesmente DESATIVE O EMAIL DO USUÁRIO! É isso mesmo! Quando você recebe uma mensagem, o BOL e o UOL simplesmente não levam a mensagem até o destinatário. O servidor responde o remetente dizendo: “Você mandou uma mensagem para Fulano, se você não for um spammer clique aqui e prove sua boa intenção digitando o captcha.”

Isso significa que se o remetente não tomar as medidas impostas pelo BOL e o UOL, o destinatário simplesmente não receberá o email.

Agora imagine se o usuário do BOL e o UOL preenche algum formulário em um site e este site envia um email automático como feedback desta ação? Resultado: 1600 mensagens pedindo confirmação de que o site não é um spammer.

Este é um caso clássico de quando TI significa Totalmente Imbecil! E que fique claro que não digo isso para as pessoas técnicas destas empresas. Pois tenho certeza que este workflow absurdo foi imposto por algum “Gerente” ou “Diretor” que não faz idéia das consequências dessa decisão.

Seria ótimo se o pessoal das campanhas “Morte ao IE 6″ iniciassem uma nova: “Morte ao email do BOL e UOL”, afinal, o GMail ganha de goleada.