Páginas

Monday, May 30, 2011

Como instalar o Racket

Neste post explico como instalar o Racket, incluindo os programas e utilitários de linha de comando e a IDE DrRacket.

Para começar, acesse a página de download do Racket, escolha sua plataforma, e clique no botão de download.


Escolha da plataforma
O Racket fornece pacotes binários / instaladores para as seguintes plataformas: Windows x86, Macintosh OS X (Intel i386), Macintosh OS X (PPC), Macintosh Darwin (PPC), Linux i386 (Fedora 12), Linux i386 (Ubuntu jaunty) e Linux x86_64 (Fedora 14).

Usar os instaladores é a forma mais rápida de preparar o ambiente e começar a programar.

Para outras combinações de sistema operacional e arquitetura, existem opções de download do código-fonte para Windows, Macintosh, e Unix.

Se você usa algum Linux, recomendo instalar a partir do código-fonte para ter uma instalação otimizada para sua plataforma.

Se você usa alguma outra plataforma e tiver dificuldades, peça ajuda na lista de emails oficial ou no canal do IRC oficial (ambos em inglês), ou ainda na lista Lisp-br (em português).

Abaixo retrato mais detalhes da instalação em Windows e Linux.

Windows
Baixe o instalador binário, na opção "Windows x86", que vai servir se o seu sistema for tanto 32 quanto 64 bits. Se o seu sistema for de 64 bits, note que o Racket e DrRacket irão rodar no modo de compatibilidade, em 32 bits. Isto em geral não representa problema algum. Se você tiver alguma boa razão para rodar de fato em 64 bits, então instale a partir do código-fonte, e se tiver problemas procure um dos canais que citei acima.


Localize o arquivo baixado e execute o instalador.


A instalação é como a maioria das outras em Windows. Basta clicar "next" até terminar a instalação.


Para abrir o DrRacket e começar a programar localize-o no Menu Iniciar.


Pronto, você instalou o Racket e já pode se divertir pra valer!

Se não souber por onde começar, veja alguns exemplos de código Racket aqui.

Linux (Ubuntu)
Apesar de poder instalar usando o instalador automático, eu recomendo instalalar a partir do código-fonte. O instalador para o Ubuntu é compilado para a versão 9.04 Jaunty Jackalope. A atual é 11.04 Natty Narwhal.

Já usei com sucesso a versão compilada para Ubuntu com a versão 10.10 Maverick Meerkat, entretanto alguns módulos específicos podem não funcionar - em particular tive problemas em executar uma aplicação daquelas de exemplo na página inicial do Racket.

Baixe o arquivo racket-5.1.1-src-unix.tgz, e para compilar faça:

rodolfo@lisa:~/Downloads$ tar xaf racket-5.1.1-src-unix.tgz 
rodolfo@lisa:~/Downloads$ cd racket-5.1.1/src
rodolfo@lisa:~/Downloads/racket-5.1.1/src$ mkdir build
rodolfo@lisa:~/Downloads/racket-5.1.1/src$ cd build
rodolfo@lisa:~/Downloads/racket-5.1.1/src/build$ ../configure
...
rodolfo@lisa:~/Downloads/racket-5.1.1/src/build$ make
...
rodolfo@lisa:~/Downloads/racket-5.1.1/src/build$ make install
...
## Opcionalmente, mova o diretório para qualquer outro lugar
rodolfo@lisa:~/Downloads/racket-5.1.1/src/build$ cd ../../../
rodolfo@lisa:~/Downloads/racket-5.1.1/src/build$ sudo mv racket-5.1.1/ /opt/racket/

Adicione o Racket ao seu PATH, adicionando estas linhas ao seu arquivo ~/.bash_rc:
# Add Racket to PATH
PATH=$PATH:/opt/racket/bin

Pronto! Você deve querer criar alguns atalhos. Use o Alacarte, clicando com o botão direito no menu Aplicações > Editar Menu.

Adicione atalhos para /opt/racket/bin/drracket, /opt/racket/bin/plt-games e /opt/racket/bin/slideshow. Você pode usar ícones de /opt/racket/collects/icons.


Pronto, você instalou o Racket e já pode se divertir pra valer!

Se não souber por onde começar, veja alguns exemplos de código Racket aqui.

No comments: